A Mulher Com Fluxo De Sangue

A Que Foi Curada E Salva Pela Fé
Valdenira Nunes de Menezes Silva

"Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na Sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei" (Marcos 5:27-28).

Fecho os olhos e me imagino na pele daquela mulher que teve doze anos de sua vida sendo repudiada pela família, amigos e por todos aqueles que a conheciam. Não me sentiria bem e não sei como reagiria sabendo que, por causa de um fluxo de sangue, eu seria considerada imunda e qualquer pessoa que tocasse em mim, também seria imunda.
Como eu me sentiria junto a meu marido, filhos ... enfim, junto a minha família?

A Palavra de Deus em Levítico 15:25-27 nos diz que ... "Também a mulher, quando tiver o fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. Toda a cama, sobre que se deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. E qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde."

O povo judeu obedecia com toda a reverência a Palavra de Deus e por isso essa mulher era considerada imunda por todo esse tempo.
Era mais comum a mulher ser considerada impura por apenas sete dias - tempo necessário para o período menstrual. Levítico 15:19 fala, exatamente, sobre isto ... "Mas a mulher, quando tiver fluxo, e o seu fluxo de sangue estiver na sua carne, estará sete dias na sua separação, e qualquer que a tocar, será imundo até à tarde."
Com esta mulher, a situação era diferente, pois ela tinha o fluxo de sangue há doze anos e ninguém, com certeza, queria ficar junto dela. Ela era imunda, impura e todos se afastavam de sua presença. Não podemos imaginar o tamanho do seu sofrimento, pois, para ela, não havia mais cura para este seu tão grande mal.

Hoje, com o avanço da medicina, este seu problema, certamente, seria resolvido, pois ela poderia estar com um tumor fibroso, ou com alguma infecção ou problema hormonal mas, naquela época, muitos médicos trataram dela em vão. Podemos ler, no evangelho de Marcos 5:26a, que ela "... havia padecido muito com muitos médicos" e além de tudo, ela havia "despendido tudo quanto tinha" (Marcos 5:26b).

Ela era uma mulher assim como eu e você, sujeita a doenças e pronta a gastar e despender tudo com qualquer coisa necessária para obter a cura.

. Muitas vezes, nos tornamos fracas, desencorajadas porque procuramos resolver tudo com nossas próprias forças.
. Muitas vezes, perdemos a esperança porque não entregamos tudo nas mãos de Deus.
. Muitas vezes, nos esquecemos de que o nosso Pai Celestial é o médico dos médicos e o Deus dos impossíveis. Ele pode curar as nossas enfermidades quando Ele quiser sem ter que marcarmos dia, nem hora.

Esta mulher que tinha o fluxo de sangue por doze anos nos dá um exemplo de fé que deve ser seguido por nós, pois, "... sem fé é impossível agradar-Lhe" (Hebreus 11:6).

Quando ela soube que Jesus curava e fazia muitos milagres, seu coração se encheu da certeza de que esta seria a sua chance de cura.
A multidão que seguia Jesus era muito grande mas a sua vontade de ficar boa era muito maior. Não importava quantas pessoas ela teria que enfrentar, o importante era que ela tivesse, pelo menos, a chance de tocar nas vestes dEle.

O plano para a sua vida já estava traçado. Jesus sabia tudo que estava para acontecer e, de repente, Ele sentiu que ela O tocou. Mas, certamente, para tornar público aquele ato de fé e de coragem, Ele disse: "Quem tocou nas Minhas vestes?" (Marcos 5:30b). Ela, num ato de medo ou reconhecimento, caiu a Seus pés e contou-Lhe sobre os doze anos de sofrimento por causa de uma hemorragia, sua separação dos seus entes queridos e também o dinheiro que gastou com médicos. Foram doze anos de solidão e tremenda aflição. Ela sabia que não deveria tocar em ninguém mas, pela fé ela arriscou ser censurada pelo rabino e por todas aquelas pessoas que seguiam Jesus tocando em Suas vestes.
Ele, ternamente, falou com ela. Não a censurou, não a chamou de pecadora mas de filha. Jesus disse-lhe palavras doces que a deixaram feliz ... "Filha, a tua fé te salvou" (Marcos 5:34).

Como você se sentiria se ouvisse Jesus lhe chamar de filha e ainda lhe dizer que você estava salva?
Amada irmã, três coisas importantes aconteceram na vida desta mulher depois que o Senhor proferiu estas palavras ...

1) Ela foi curada de uma hemorragia que a separava de seus entes queridos e amigos.
2) Ela foi chamada de filha por Jesus, o próprio Deus que a criou.
3) Ela foi salva não apenas pela fé que ela depositou em Jesus mas, principalmente, por Seu grande amor por ela, morrendo na cruz do Calvário no seu lugar

Quantas bênçãos ela recebeu em sua vida , de uma só vez! Agora, ela estava curada, tornou-se uma filha de Deus e foi salva para todo o sempre. Foi necessário, somente, um toque amoroso de suas mãos nas vestes de Jesus.
O nosso Salvador é Aquele que está sempre conosco nas horas difíceis da nossa vida. É Ele que ...

1- nos cura quando pensamos que não há mais nada a ser feito;
2- nos sustenta quando estamos prestes a cair;
3- nos carrega em Seus braços amorosos quando nos encontramos prostrados;
4- acalma nossos corações quando nos encontramos aflitas;
5- em Sua Palavra, nos diz 365 vezes "Não temas!";
6- nos perdoa quando nos sentimos, completamente, perdidas por causa dos nossos pecados;
7- nos consola quando perdemos um ente querido e a dor é insuportável;
8- nos dá a paz mesmo quando estamos no "vale da sombra da morte".
9- firma os nossos pés na Rocha eterna;
10- nos pode dizer ... "Filha, a tua fé te salvou."

"Obrigada, Pai, por cada detalhe da minha vida que Tu cuidas!
Obrigada, porque somente Tu podes sondar meu coração e me embalar quando estou necessitando de Ti!
Obrigada, porque somente Tu conheces meus pensamentos e diriges os meus passos para que eu não tropece e caia!
Obrigada por esta mulher que colocaste na Bíblia e que serviu de exemplo de fé para a minha vida!
Aumenta a minha fé, Senhor, para que com ela, eu possa agradar-Te!
Por favor, Senhor, cura todas as minhas enfermidades, tanto as físicas como as espirituais!
Deixa-me tocar em Ti naqueles momentos em que estou lendo a Tua Palavra.
Deixa-me tocar em Ti enquanto derramo no Teu altar as minhas preocupações, rancores, ansiedades...
Amém!"

Ah, amada irmã, como devemos ser sempre mulheres agradecidas a Deus!
Ele, na Sua Palavra, faz-nos promessas maravilhosas, promessas de um verdadeiro Pai amoroso. Dentre tantas promessas, Ele promete nos curar assim como curou a mulher que tinha hemorragia.
Vamos nos deleitar nas doces palavras do nosso Deus?

"E disse: Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de Seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos Seus mandamentos, e guardares todos os Seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque Eu sou o Senhor que te sara" (Êxodo 15:26). Obrigada, Pai!

"Senhor meu Deus, clamei a Ti, e Tu me saraste" (Salmo 30:2). Obrigada, Senhor!

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o Seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. Ele é O que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades. Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e misericórdia" (Salmos 103:1-4). Obrigada, meu Deus, pela Tua bondade e misericórdia!

Como é bom saber que o Senhor me ama e se importa comigo!
Que possamos usufruir deste amor com muita fé e com um espírito agradecido e confiante.