Mical

A Que Amou E Desprezou O Rei Davi
Valdenira Nunes de Menezes Silva

"Então Mical desceu a Davi por uma janela; e ele se foi, e fugiu, e escapou" (1Sa 19:12).

"... Mical, a filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi, que ia bailando e saltando diante do Senhor, o desprezou no coração" (2Sa 6:16).

O nome da filha do rei Saul, que significa "quem é como Deus?", era Mical. Ela foi a primeira esposa de Davi. Não podemos dizer que ela foi a esposa ideal, a esposa que estava no centro da vontade de Deus. Mas, mesmo assim, ela fez parte do plano do Senhor para a vida de Davi.
Ao lermos 1 Samuel, a partir do capítulo 19, vemos que o rei Saul planejava matar Davi. Ele começou a perceber que o Senhor estava com Davi e que sua filha, Mical, amava o marido. O ciúme começou a tomar conta da sua vida.

Em 1 Samuel 19:11, a Bíblia nos diz:
"Porém Saul mandou mensageiros à casa de Davi, que o guardassem, e o matassem pela manhã..."

Mical soube do plano de seu pai e, como uma esposa que, depois do Senhor, colocava seu marido em primeiro lugar em sua vida, avisou a Davi e o ajudou num plano de fuga eficaz.
A Bíblia nos diz que "Mical desceu a Davi por uma janela; e ele se foi, e fugiu, e escapou" (1Sa 19:12).
Ela ficou debruçada na janela a observar aquele homem, que ela tanto amava, fugir para que a sua vida fosse salva. Ela sabia que seu pai jamais o pegaria, pois ela havia se casado com o homem...
1- que matara o gigante Golias;
2- que foi posto à prova a fim de poder casar com ela, tendo que matar cem filisteus mas, na verdade, matou duzentos.

Davi era um homem segundo o coração de Deus. O Senhor estava com ele em todos os momentos de sua vida.
Mical havia se casado com um homem íntegro que respeitava e amava o seu pai, o rei Saul.
O rei queria matá-lo, era seu inimigo, mas ele, Davi, numa certa ocasião, podendo matá-lo disse: O Senhor me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, ao ungido do Senhor, estendendo eu a minha mão contra ele; pois é o ungido do Senhor" (1Sa 24:6).

* Davi era um homem que respeitava aquele que o Senhor colocou acima dele (o rei Saul).
* Ele era um homem que amava o Senhor.
* Ele era um homem segundo o coração de Deus.
* Ele não temia o inimigo, pois confiava no Deus verdadeiro que estava com ele.

Este era o marido de Mical, homem forte, valente e com um coração cheio de fidelidade, amor e respeito para com aquele que Deus escolhera para ser o seu rei mas que o odiava, perseguia e queria matá-lo - o rei Saul.

Mical, apesar de não ter sido a esposa ideal para Davi, colocou-o, naquele momento, em primeiro lugar em sua vida mesmo tendo que ficar contra a vontade de seu pai.

Eu, como uma mulher que quer se transformar numa mulher segundo o coração de Deus, devo também colocar as prioridades certas em minha vida. Como uma mulher de Deus tenho que...

1) colocar Deus cm primeiro lugar em minha (não meus filhos, não a igreja, não meus ministérios, não as reuniões da sociedade feminina mas... o SENHOR);

2) depois de Deus, colocar meu marido como a pessoa mais importante na minha vida...
a- falando bem dele a nossos filhos, a nossa família, a nossos amigos... porque a Palavra de Deus me diz em Tito 3:2 "que a ninguém infamem...";
b- procurando nele tudo o que existe de bom e não esquecendo de elogiá-lo naquilo que eu gosto (seu respeito por mim, seu modo carinhoso de tratar-me, seu amor pelo Senhor, o exemplo de integridade que ele dá aos filhos e, até mesmo elogiar seus músculos, seus olhos, seu sorriso...);
c- orando por ele (por seu trabalho, por seu ministério na igreja, pelas tentações que por acaso surjam, por seu crescimento espiritual...);

Mical tinha Davi como a pessoa mais importante de sua vida, pois ela o admirava e o amava. Ela o salvou da morte, porém, quando Davi já era rei, aconteceu algo que mudou o cenário da sua vida. Os personagens eram os mesmos (Mical e Davi), a cena era a mesma (Mical junto à janela), contudo, agora, o coração dela já não era o mesmo. Antes, ela tinha um coração cheio de amor e respeito pelo marido. Agora, o seu coração o desprezava. Ela se encontrava junto à janela e observava Davi que entrava em Jerusalém com a arca da aliança, pulando e dançando. Ela não gostou do que estava vendo. Ela o achou ridículo e o desprezou.
Aquele mesmo coração que, junto à janela, o amou e o salvou da morte, agora, junto à mesma janela, o estava desprezando. Vemos que, por duas vezes, Mical estava junto à janela observando aquele que ela tanto amava e admirava mas que, agora, desprezava.

Provavelmente, Mical esperava que seu casamento fosse o mais feliz e o mais seguro.
* Será que ela esperava que Davi viesse salvá-la das mãos de um pai irado e vingativo?
* Será que a amargura tomou conta do seu coração ao ver que nada do que ela havia sonhado aconteceu?

Sabemos que o rei Saul vingou-se dela e de Davi, dando-a em casamento a outro homem.

Há uma frase de Kathy Troccoli que mostra que atitude temos que ter quando enfrentamos situações difíceis como esta de Mical. Ela disse: "Quando escolho seguir a Jesus em meio à dor e me firmo em Suas promessas, tenho esperança - mesmo quando não sei o que está por vir."
Mical não escolheu seguir a Deus quando passava por momentos de dor. Ela não procurou se firmar nas Suas promessas, deixando assim de se encher de esperança mesmo não sabendo o que o Senhor estaria preparando para ela.

Assim como Mical, muitas de nós passamos por tribulações em nossas vidas. O remédio para superá-las é depositá-las no altar do Senhor e, com fé, repousar em Seus braços amorosos, confiando que Ele é o Deus que transforma...
a) o fel em mel;
b) a tempestade em calmaria;
c) a tristeza em alegria;
d) o ódio em amor;
e) o meu coração de pedra em um coração semelhante ao dEle (Amém!).

O Senhor é um Deus fiel que "... prova a Sua fidelidade para conosco a todo instante" (Carol Kent).

Mical sentia-se como um joguete nas mãos dos dois homens da sua vida - Davi, seu marido e o rei Saul, seu pai.
Seu pai obrigou-a a casar-se com outro homem e Davi, depois da morte de Saul, recebeu-a das mãos de um dos seus irmãos, para tornar ainda mais legítimo o seu reinado. Ela era princesa e, agora, foi transformada em rainha.
Mical era rainha mas o seu coração não estava correto diante de Deus.

A Bíblia nos diz em 1 Samuel 16:7 que "... o Senhor olha para o coração", Ele conhece os nossos mais profundos pensamentos. Se estamos erradas, Ele sabe. Se queremos que Ele molde o nosso coração para ficar parecido com o dEle, Ele molda. Depende de nós querermos ou não agradar ao Senhor e agir corretamente.
Será que existe algo mais maravilhoso do que ter o coração parecido com o coração do Senhor?
Será que não é isto que nossa alma deveria ansiar?

Mical não estava em comunhão com o Senhor. Ela deixou que as tribulações de sua vida fossem transformadas na amargura que já fazia morada em seu coração
Aqui estava ela, uma mulher que decidiu ter uma alma amargurada e que desprezava a verdadeira adoração ao Senhor.
Ali estava Davi, o homem segundo o coração de Deus que, dando pulos de alegria, fazia a verdadeira adoração ao Senhor.

Amada irmã, tenho como alvo em minha vida transformar-me numa mulher segundo o coração de Deus. Sei que é difícil, estou tendo dificuldade mas é isto o que o meu coração almeja. E você, qual é o objetivo de sua vida?

Deus quer que O adoremos "... na beleza da Sua santidade" (1Cr 16:29).
Deus quer que O "adoremos e prostremo-nos (Sal 95:6) diante dEle.

Adoremos o nosso Deus, confiemos nEle e no Seu amor e escondamos em nosso coração a Sua Palavra que amorosamente nos diz:
"Celebrai com júbilo a Deus, todas as terras. Cantai a glória do Seu nome; dai glória ao Seu louvor. Dizei a Deus: Quão tremendo és Tu nas Tuas obras! Pela grandeza do Teu poder se submeterão a Ti os Teus inimigos. Todos os moradores da terra Te adorarão e Te cantarão; cantarão o Teu nome" (Sal 66:1-4).